sexta-feira, 2 de julho de 2010

Brasil rumo ao hexa

“esse muleque é revoltado com a COPA? Ele mora no PAÍS DO FUTEBOL e não gosta da COPA DO MUNDO? É um anti-patriotismo do caralho!”

É, já ouvi muito disso. Na verdade, resumi nessa fase o que tenho ouvido constante mente, então, como diria Jack: vamos por partes, começando com a referência “muleque”. Nunca gostei desse rótulo, não me identifico e ACHO pejorativo, posso?
Não, eu não sou revoltado com a copa do mundo e sim como a maioria de nós, brasileiros, dá importância a ela. Tudo bem que através dela é possível tirar um continente inteiro da lama (se você tiver grana pra pagar a... Voltando!), mas a questão é em ano de eleição para presidente do país (!) e o nordeste inteiro precisando de ajuda, a capa dos principais jornais estampam jogos de futebol.
Somos o país do futebol. Somos o país do futebol? Hoje o Brasil é o melhor time de futebol, os melhores craques, mas: não tem os melhores estádios, não tem a melhor estrutura... Hoje não jogamos um futebol brasileiro, sem dúvidas. E não me contento em morar no 40º melhor país para se morar, mesmo que ele seja “The country of soccer”.
O sentimento de amor e devoção à pátria está cada vez menos presente no nosso país. Em época do hino nacional à lá versão Vanusa, batemos no peito, com força e orgulho e dizemos “Sou Brasileiro! Argentinos, vão tomar no cu!”. É, enquanto odiamos os nossos colegas de fronteira por causa de futebol, o resto do mundo está mais preocupado em brigar por economia e melhor condições de vida.
Quando se trata de uma linha nova no metrô, demora meses e meses e quem sabe anos para ficar pronta. Mas um estádio, ou um “monumento”, para atrair turistas, é criado em dias.

Fico imaginando que, assim como nós fazemos piadinhas questionando a inteligência dos portugueses, o resto do mundo deve fazer em nós, baseados em futebol.
Pensando nisso, fiz uma pequena charge baseada numa fictícia discussão entre a Noruega e o Brasil, baseada em dados reais:

5 comentários:

euquerotequila disse...

brasil, MEU BRAZZZZIL BRASILEIRO!

perfeito PC!

daniela disse...

MUITO, MUITO BOM!
Em meio a esse caos, imagina em 2014... O patriostismo vai ser o TRIPLO! Povo idiota!
amei, amei mesmo!

BRAASIL s2

Will L.S.Augusto disse...

é..quando é bunda, peito isquiriguidum, e vuvuzelas e afins..todod batem no peito"Eu sou Brasileiro", mas quando é a criança, a mulher , o homem e o idoso morrendo ou sofrendo por uma justiça falha, uma politica mediocre, votos sem senso critico, ou por tragedias como as enchentes no nordeste..ninguem consegue ao menos liberar um suspiro..vejo jornal nacional..e basta..hipocresia de merda isso sim...sou patriota sim, mas não no futebol no carnaval..prefiro mostrar minha cor verde e amarela ali de olho na educação, na politica nos problemas socias...
é pc foda o post..uma das maiores verdades aqui no boteco!

Diego Acéfalo disse...

KíLindo... falou tudo...


*_*

Johny Moraes disse...

Acho que na vida tem os projetos sociais e os projetos de entretenimento e cultura. A quem diga que o futebol… a Copa… também tenha sua contribuição social e talvez realmente tenha. Mas a maior contribuição é de entreter. Eu não a condeno por isso. Afinal, como diz certa música: ‘A gente quer comida, diversão e arte. O que não pode ser feito é só entreter com a Copa e se esquecer de outras áreas.

Eu também escrevi sobre a Copa, mas meu texto não foi escolhido. Quem quiser ler basta visitar meu blog: http://blogs.myspace.com/punkpsychodelic